UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS LETRAS E ARTES
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL
COORDENAÇÃO DO PPGAS


DISPOSIÇÕES PRELIMINARES


Art. 1º A Revista Equatorial é uma publicação dos discentes do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), voltada para a divulgação da produção científica antropológica (textual e iconográfica), em língua portuguesa e espanhola, de forma a promover a integração da produção latino-americana.


TÍTULO I
DO OBJETIVO

Art. 2º Objetiva a difusão de artigos inéditos, entrevistas, traduções, resenhas e ensaios fotográficos, na área de Antropologia e afins.


TÍTULO II
DO PÚBLICO-ALVO

Art. 3º A Revista Equatorial tem como público-alvo a comunidade acadêmica, preferencialmente discente, docente e pesquisadores na área da Antropologia, em todos os seus sub-campos temáticos.


TÍTULO III
DAS RESPONSABILIDADES

Art. 4º As responsabilidades da Revista Equatorial serão exercidas pela Comissão Editorial, composta por discentes do PPGAS/UFRN, pela Conselho Editorial, composta por docentes internos e externos da UFRN, e pelos pareceristas convidados e ad hoc.

§ 1º Exercerá a função de editor a Comissão Editorial.

§ 2º É competência da Comissão Editorial:

I – convidar os membros do Conselho Editorial, através de carta-convite solicitando carta-resposta de aceite;

II – Respeitar a avaliação dos pareceristas;

III – Selecionar dentre os trabalhos (artigos inéditos, resenhas, entrevistas, traduções e ensaios fotográficos etnográficos), com aprovação para publicação, aqueles que comporão o número da edição da revista;

IV – Organizar a publicação semestral da revista;

V – Escrever a apresentação de cada número a ser publicado;

VI – Coordenar os trabalhos de editoração, produção e veiculação da revista;

VII – Receber e distribuir os artigos e demais materiais para publicação aos Pareceristas ad hoc;

VIII – Estimular a produção de textos que correspondam à produção científica.

Art. 5º Os pareceristas tem por competência emitir pareceres sobre as contribuições encaminhadas para publicação na revista, opinar sobre a sua qualidade e relevância, recomendando ou não sua publicação.

PARÁGRAFO ÚNICO: O Conselho Editorial será constituída por professores da área de Antropologia e áreas afins, membros de Instituições de Ensino Superior do Brasil e do exterior, convidados para exercerem tal função pela Comissão Editorial, podendo ser substituídos quando for o caso em decisão conjunta com a Comissão Editorial.

Art. 6º Direitos Autorais: Tanto o Conselho Editorial quanto a Comissão Editorial, bem como os pareceristas ad hoc e os autores dos trabalhos aprovados para publicação, não receberão remuneração.


TÍTULO IV
DA PERIODICIDADE E DAS SEÇÕES DA REVISTA

Art. 7º A Revista Equatorial terá periodicidade semestral e contará com as seguintes seções:

I – Entrevistas: quando houver demanda, divulgar entrevista sobre assunto em destaque no campo da Antropologia ou idéias de membros da comunidade acadêmica antropológica;

III – Artigos: divulgar trabalhos científicos antropológicos, de caráter acadêmico, desenvolvidos na forma de artigos inéditos;

IV – Ensaio fotográfico: divulgar ensaios fotográficos de cunho etnográfico, seguidas de explanação textual, dentro do campo de debate da Antropologia Visual, identificando sua autoria, outros créditos ( atores/lugares).

V – Resenhas: divulgar resenhas de livros publicados nos últimos 05 (cinco) anos.

VI - Traduções: quando houver demanda, divulgar traduções sobre assunto em destaque no campo da Antropologia

Art. 8º A Revista Equatorial terá divulgação eletrônica.

§ 1º A publicação eletrônica da revista terá acesso gratuito.


TÍTULO V
DA ORIENTAÇÃO EDITORIAL

Art. 9º Serão aceitos apenas trabalhos inéditos.

Art. 10º Será publicado somente o material avaliado positivamente pelos pareceristas.

Art. 11º O autor/a será comunicado do resultado da avaliação do seu material e terá até 30 dias para efetuar as alterações, quando indicadas pelos pareceristas.

Art. 12º Antes de encaminhar o material, recomenda-se ao autor/a submetê-lo a uma revisão de Língua Portuguesa ou Espanhola, conforme o caso.

Art. 13º As publicações selecionadas não serão remuneradas, sendo permitida a reprodução dos mesmos desde que não seja omitida a fonte.

Art. 14º Os artigos e demais materiais publicados serão de responsabilidade exclusiva de seus autores/as, não refletindo necessariamente, a opinião da UFRN, do PPGAS, nem dos membros do Conselho Editorial ou dos pareceristas  da Revista Equatorial.

Art. 15º Os originais podem sofrer adaptações para fins de editoração, visando adequação, quando necessário, à forma gráfica da Revista Equatorial especificada nas Normas de Publicação.

Art. 16º As colaborações para a Revista Equatorial devem ser enviadas diretamente à revista, de acordo com as Normas de Publicação, através do e-mail equatorial@cchla.ufrn.br, em formato .doc, e no caso dos ensaios fotográficos, em formato .jpg; .gif; ou .png.

Art. 17º Toda autoria dos pareceres e do material submetido durante o processo de avaliação para publicação, ocorrerá em sigilo absoluto.


TITULO VI
DO PROCESSO DE SELEÇÃO

Art. 18º – Cada edição contará com um mínimo de 04 (quatro) e um máximo de 12 (doze) artigos inéditos e passará pelas seguintes fases de seleção:

1ª Fase – Pré-seleção do material:

Nesta fase, será eliminado o material (os artigos, as resenhas, as entrevistas, as traduções e os ensaios fotográficos) que não estiver em consonância com as Normas para Submissão, ou que não apresente relação com a área de Antropologia e afins.

A pré-seleção será feita pela Comissão Editorial, que em seguida, encaminhará o material avaliado aos pareceristas.

2ª Fase – Avaliação dos Pareceristas

Nesta etapa cada parecerista, receberá até três artigos, e demais materiais, para avaliação.

3ª Fase – Edição e publicação do material

Após a aprovação dos artigos pelos pareceristas, caberá à Comissão Editorial, organizar os materiais selecionados para a publicação on-line.


TÍTULO VII
DA AUTONOMIA

Art. 19º – A Revista Equatorial reserva-se o direito de decidir sobre a publicação do material recebido, nos seguintes casos:

§ 1º – De não publicar material enviado, cuja proposta apresentar a impossibilidade/dificuldade de encontrar parecerista com especialização na temática proposta;

§ 2º - De decidir a quantidade de artigos, resenhas, entrevistas e ensaios fotográficos, além do número indicado nas Normas de Publicação.


TITULO VIII
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 20º Os casos omissos, as dúvidas e as questões suscitadas na aplicação do presente Regimento, bem como sua modificação, serão dirimidos pela Comissão Editorial, da Revista Equatorial.


TITULO IX
DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 21º – O presente regimento Interno poderá ser alterado mediante a proposta de 2/3 dos integrantes da Comissão Editorial.

Art. 22º – O presente regimento interno entra em vigor após aprovação do Colegiado do PPGAS.